Categories

A sample text widget

Etiam pulvinar consectetur dolor sed malesuada. Ut convallis euismod dolor nec pretium. Nunc ut tristique massa.

Nam sodales mi vitae dolor ullamcorper et vulputate enim accumsan. Morbi orci magna, tincidunt vitae molestie nec, molestie at mi. Nulla nulla lorem, suscipit in posuere in, interdum non magna.

Edição Extra – Dia da Imprensa

Comemoramos o Dia da Imprensa com uma magnífica declaração do presidente que se “reafirmou seu compromisso com a liberdade de imprensa” e se mostrou preocupado com o ataque ao prédio do ‘Diário de Marília’.

Não menos importante foi o pronunciamento do sr. Nelson Sirotsky, presidente da ANJ -Associação Nacional de Jornalistas- afirmando que o presidente “ não fez críticas nem reivindicações ao papel da imprensa na cobertura da crise e a ANJ por sua vez também não pediu nada ao governo”. Não é edificante?

Enquanto isso, naquele país decadente, mais nortista que o Severinho Mensalinho (que, aliás, acabou de visitá-lo), governado por um presidente demente, Judith Miller, veterana jornalista do ‘New York Times’, está detida há 66 dias num cubículo do Centro de Detenção de Alexandria, uma prisão de segurança máxima federal, vizinha de Zacarias Moussaoul, a única pessoa condenada até hoje por ligação com os ataques terroristas de 11 de setembro. Motivo: ter se recusado a revelar as fontes de uma reportagem que nem foi publicada…

Para os que acham que a Imprensa está fazendo formidável trabalho investigativo na cobertura das CPI: aguardem quando e se for feita apuração das negociatas na Petrobrás. Farão os milhõesinhos valerianos parecerem cultura de Severinho. Um exemplo: sob a desculpa de gerar emprego na pátria amada, duas plataformas off-shore, que se fossem feitas em Singapura custariam  500 milhões cada, quando ficarem prontas no gigantesco canteiro de obras da Pavuna, RJ, sairão por  1,3 bilhões cada. Uma pequena diferença de 1,6 bilhões. E aí o leitor perguntará: para onde foi a diferença? Certamente não para a mão de obra tupiniquim…

E para nosso consolo: pesquisadores da Universidade de Chicago e do Howard Hughes Medical Institute, em estudo publicado na revista ‘Science’, verificaram que o cérebro humano continua em evolução, mas durante a puberdade ocorrem mudanças temporárias, que podem ser a origem do mau humor adolescente e das ve dificuldades de reconhecimento da autoridade de pais e professores. Deve ser por isso que é tão difícil a maioria dos seres humanos em geral e dos políticos em particular estabelecer um trato responsável, adulto, com os interesses coletivos.

do Rio de Janeiro, Jorge Mourão

Leave a Reply